Tanque aéreo: solução para armazenagem de combustíveis

Tanque aéreo: solução para armazenagem de combustíveis

Tanque aéreo: solução para armazenagem de combustíveis

No Brasil, atualmente, a contaminação do solo é um dos principais problemas ambientais. Como consequência, é grande a quantidade de pedaços de terras contaminados que se tornaram inapropriados para a agricultura, e até mesmo para a construção de moradias, já que os contaminantes do solo podem provocar doenças nas pessoas. Além de atingir a economia local, trata-se de um enorme prejuízo para o meio ambiente. Produtos químicos, combustíveis, metais pesados e outros elementos são descartados no solo das fábricas ou em seu entorno. Com o passar do tempo, essas substâncias penetram no solo e contaminam-o. O tratamento do terreno contaminado pode ser realizado, porém, o custo para realizar essa operação é alto, além de ser um processo demorado. Outro problema grave provocado é a contaminação da água. Uma vez depositado no solo, estes resíduos podem atingir lençóis freáticos contaminando a água.

Petróleo: o vilão

O consumo do petróleo e seus derivados vem crescendo a cada ano, principalmente nas atividades industriais. Durante a exploração, o refino, o transporte e a armazenagem do petróleo ou de seus derivados, podem ocorrer derramamentos acidentais que resultam na contaminação de solos daquele local. Atualmente, a poluição causada por esse produto tem sido um dos principais causadores de problemas à natureza. Nesses casos, além da degradação do meio ambiente, a saúde da população é posta em risco, pois acontece a contaminação das águas subterrâneas, que também podem contaminar os aquíferos que são usados como fontes de abastecimento de água para o consumo humano.

Tanques aéreos: a solução

Mas uma ferramenta pode auxiliar para que esse tipo de acidente ambiental não aconteça: o tanque aéreo para combustíveis. Os tanques aéreos para combustíveis são produzidos conforme a norma ABNT NBR 15461:2007 para Armazenamento de Líquidos Inflamáveis e Combustíveis. Esta norma prevê as ações para a fabricação de tanques estacionários de aço carbono, atmosféricos, que servem para o armazenamento aéreo de líquidos cuja densidade relativa não supere em 110% a da água. Eles são calculados para atuar em pressões entre 3,4 kpa até 6,8 kpa. Podem ser verticais, horizontais ou retangulares.

A agroindústria e a preocupação com o meio ambiente

Na atividade agrícola, todo cuidado é pouco. Por isso, quando se trata de armazenamento de combustíveis em agricultura familiar ou agroindústria, você não pode correr nenhum risco de vazamento ou contaminação. Os tanques aéreos para combustíveis da Plamex para agroindústria atendem às mais rigorosas normas brasileiras, e são totalmente adaptáveis às necessidades específicas de cada unidade produtiva. Os tanques aéreos da Plamex são fabricados em um dos mais modernos parques fabris do Brasil no setor de tanques para armazenamento de combustíveis. O processo de produção destes segue os conceitos do Lean Manufacturing e atende todas as normas. Para garantir a segurança da armazenagem dos combustíveis, os tanques aéreos seguem os mais rígidos controles de qualidade de todas as soldas e materiais aplicados.

A Plamex tem diversas opções para soluções em abastecimento. Conheça nosso portfólio e aproveite os diferenciais que oferecemos aos nossos clientes.

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos


  • E-book

    Baixe o e-book